Inep pode ter dado pistas sobre tema de redação do Enem

 

Novembro já está quase aí e, com isso, os estudantes correm atrás dos últimos detalhes para o Enem 2018. Além dos longos dias de estudo, a galerinha fica preocupada com qual será o tema da redação e se vão conseguir se dar bem.
Além de poder treinar em casa com vários assuntos atuais, o pessoal que vai fazer as provas esse ano pode estar recebendo algumas dicas. O perfil do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) no Instagram vem fazendo diversas publicações com variações linguísticas e muita gente entendeu isso como um conselho.
Para quem ainda tem algumas dúvidas sobre o assunto, nós vamos ajudar vocês: variação linguística nada mais é que o modo diferente que a língua é pronunciada de acordo com a região. O sotaque ou as gírias de cada estado, cultura e idade são exemplos.
Essa pluralidade tem vários níveis, separados entre diatópico (lugar onde a pessoa reside), diafásico (ocasião no qual a pessoa se encontra, por exemplo, diferença entre uma reunião séria e uma conversa entre amigos), diastrático (classificado como as gírias que determinados grupos usam) e histórico ou diacrônico (de acordo com a idade e o período histórico que a pessoa vive/viveu).

Muitos sites de estudos apontaram que esse seria o tema da redação do Enem 2018. Se é ou não, infelizmente não tem como saber, mas não custa nada estudar um pouco sobre o assunto e já ir treinando o texto.

Anúncios

Agora dá para ter crédito de novo

O Serasa Limpa Nome ajuda você a colocar suas contas em dia.

 

Serasa Consumidor lança Limpa Nome com renegociações de dívidas e descontos de até 90%. A Serasa Experian relançou sua plataforma para renegociação de dívidas: o Limpa Nome. O site já existia desde 2013, mas apenas com intuito de informar aos cidadãos os telefones de contato das instituições onde poderiam sanar os débitos. Agora, também é possível renegociar o valor, decidir a quantidade de parcelas e, ainda, gerar boletos online.

O volume de adesão à plataforma tem sido surpreendente! Em um único dia, tivemos uma quantidade de cadastros correspondente a um mês inteiro na plataforma antiga – contou Lucas Lopes, gerente do Serasa Consumidor De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 49% dos inadimplentes confiam que vão conseguir regularizar a situação nos próximos três meses, sendo que 36% planejam quitar todo o valor e 13% apenas parte dele. Entre aqueles que têm a esperança de regularizar o CPF, a renegociação com o credor será a principal estratégia. Quatro de cada dez entrevistados (37%) pretendem realizar um acordo com a empresa e parcelar o débito, enquanto 19% farão cortes nos gastos e 18% vão recorrer a bicos para gerar renda extra.

Com novas funcionalidades e foco no acesso por celulares, a página do Serasa é mais simples e fácil de usar. O boleto de pagamento pode ser gerado em apenas três etapas e o consumidor ainda tem escolha entre fazer o download, copiar o código de barras para fazer o pagamento por um aplicativo bancário, ou mandar para seu e-mail.

Entre os oito parceiros integrados ao sistema, estão empresas de telecomunicações, educação, cartão de crédito e bancos. Para esses, toda a negociação pode ser realizada na própria plataforma, sem direcionamento para outro site. A expectativa é incluir mais cinco novas parcerias a cada mês.

As condições ofertadas variam de acordo com o ticket médio e com o tempo da dívida:

– Há descontos de até 90%. Também há empresas que não reduzem tanto o valor, mas fazem parcelamentos extensos, em até 36 vezes – revelou Lopes.

O próximo feirão físico Limpa Nome do Serasa deve acontecer em novembro. Até lá, a instituição tentará com que todos parceiros estejam disponíveis no site, a fim de ampliar a negociação para o Brasil inteiro: o objetivo é oferecer as mesmas condições tanto pessoalmente quanto via site.

Reta final Segundo Sol: Rosa será mantida refém por Laureta

Nos momentos decisivos de ‘Segundo Sol’, confira como a personagem vai cair na armadilha.

Confira o spoiler! 👀

Depois da volta de Remy, Laureta vai tirar o malandro de circulação ao mantê-lo na casa de Dulce (Renata Sorrah), sua mãe. E Rosa vai descobrir esse esconderijo. Ela vai seguir a cafetina até lá, só que vai acabar caindo por acaso em uma armadilha que nem Laureta conseguiria planejar.

Assustada com a presença de Rosa em sua casa, Dulce vai prendê-la no porão. A ex de Valentim (Danilo Mesquita) vai ficar impressionada ao saber que Remy está vivo, mas a surpresa maior vai ser para Laureta ao perceber que tem Rosa em suas mãos por um verdadeiro acaso:

“Como será que você conseguiu essa proeza, Rosa?! Tá ficando espertinha demais pro meu gosto, sabia? O que a gente faz com ela agora, hein, Remy?”

Ardilosa, a cafetina vai se aproveitar da situação para tentar faturar:

“Ela é nossa refém. Vou pedir os R$ 7,5 milhões de Beto como resgate.”

Será que esse plano vai dar certo mesmo? Continue de olho nas emoções da reta final de Segundo Sol!

Primeiro post do blog